#Budismo#meditação

Compartilhando experiências no caminho

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Receita Holandesa By Aurea - Ameiiiiiii

Bom, vamos as sugestões para o próximo jogo:
O cardápio Holandês é rico em purês de batata e carne de porco, uma influência do país vizinho, Alemanha. Já o toque picante foi incorporado por causa de a Indonésia ter sido colônia da Holanda por mais de quatro séculos.
Uma típica comidinha de mãe é um dos pratos preferidos por lá. A receita é feita com cubos de filé mignon ou alcatra empanados, temperados com especiarias, entre elas, cravo, noz moscada, pimenta, folha de louro e cebola. E claro, servido com salsichão e purê de batatas.
O arenque é muito popular na cozinha holandesa. Mas por ser difícil de encontrá-lo aqui pode ser substituido por sardinhas.
Bjs da Chef Áurea Catharina rsrsrsrsrs

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Uffaaaaa!!!!!




Gante, mais um capítulo do Gourmet da Copa, Horácio arrasando na culinária, hoje rolou um prato chileno claro, peixe no limão, delícia. Já estamos tramando o próximo prato para sexta feira, aliás, qual é mesmo o prato típico da Holanda?? Quem souber dê a dica. A principio estamos programando torta holandesa 2x0 com cobertura de chocolate, ops, de Galvão Bueno, CALA A BOCA GALVÃO!!!! hahahahahah. Brasillllll 3x0 demais. E vamo que vamo...

Bolão ou Não

Gente, tá ficando difícil torcer para Argentina viu, vou dando desculpas para mim mesma botando meu lado mercenário prá funcionar - Ai o bolão, amigos, marido mas caraca os caras vem aí. Ô meu Brasil varonil, hoje tem batalha no campo. Kekito, Joel, Pilar sorry mas VAMO LÁ BRASIL!!!!! Menos mal que não é a Alemanha, gente, os caras continuam durinhos mas vai acertar passe assim lá na %¨@&%@$#@%, sorte Argentina.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Ai, Ai, Ai...




Já sei pessoal, tá todo mundo apreensivo, normal, agora acabou a brincadeira. Nossos amigos Franceses e Italianos perceberam tarde demais, ainda estamos em tempo, agora é tudo ou nada galera, vamos fazer pensamento positivo e nada de pânico (ai, Jesus, Jesus). Mas é tão bom quando podemos apreciar as pequenas dádivas da vida, mirem a bela feijoada By Claudinho e Horacio, de encher os olhos né gente, eu enchi foi a pança que é pra não pensar mais em seleção pelo menos por hoje. Gente, tem coisa mais fôfa que o Ed na torcida do brasil, mas ele é duas caras viu? Dia de Argentina ele está a postos de celeste.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Arraial, são tantas emoções....


Acho tão legal ter tantas coisas acontecendo em nossa terrinha, a iniciativa do Festival Gastronômico é muito importante pois somente com persistência se consegue atingir os objetivos. Este ano noto um público maior, na apresentação da Espalhafatos no Don Fabrizio vi o restaurante lotado para o Festim. São as sementes que plantamos, porém elas precisam ser regadas, nutridas para que dêem frutos. E estão rolando as festas juninas. Infelizmente este ano não pude acompanhar Claudinho meu par OFICIAL na quadrilha do Portinha pois estava trabalhando. O que participei de festa junina o ano passado compensou este ano, não dá para estar em todos os lugares ao mesmo tempo né gente. O lançamento do livro da Gerry foi um sucess. Novas perspectivas artísticas aparecendo, e assim vamos levando, aguando, nutrindo nossas sementinhas, as vezes elas florescem, as vezes não, mas nosso jardim permanece cheio de possibilidades.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Pero que si, pero que no

Continuo fazendo fé na Argentina, além do bolão tenho vários amigos e o maridão da terra né gente. E também gostaria de parabenizar Maradona, dando um show de simpatia (ao contrário de nosso Dunga) comprimenta até gandula. A frança entregou o jogo só de raiva que feio. E tem oriental no pedaço também. E vamo que vamo. Na sexta tamo lá de novo com uma bela feijoada para comemorar. Brasilllllllll!!!!!!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Eventos no Arraial




No sábado rolou o lançamento do livro da Gerry, que em petit comite autografou para os amigos na Livraria do Campo. Legal, adoro a baixa por isso, é quando podemos nos encontrar e curtir os eventos que pintam por aqui. Nas fotos, a artista em momento de autógrafo, Ale na produção, a galera. Lembrando que o Festival Gastronômico continua, semana que vem têm mais Espalhafatos na praça.

domingo, 20 de junho de 2010

Brasil

A gente gosta de meter o pau? Sei lá, só sei que quando eles estão de bem com a gente rola uma interação impressionante, a gente vibra está lá, eles no levam ao campo, esquecemos de tudo e corremos de um lado para o outro, chutamos a bola, levamos as pancadas, ficamos putos, xingamos. É uma coisa de outro mundo mesmo - E a bola agora vem pro nosso campo, caramba, agora somos o goleiro, segura cara, não deixa ela passar, puuuuula, agarra, uffa... E vamos nós novamente,ataca, ataca, passa, devolve, cruza, gooooolllllll....

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Reflexões - Um Banco de Praça


Parada e sentada em um banco de praça. A quanto tempo não faço isso. Pensamentos surgem, pessoas passam, e cada uma delas tem uma vida toda para contar. Quantos sonhos, sofrimentos, alegrias, tantos mundos paralelos ao meu e ao mesmo tempo me lembro da tal simbiose ou conexão intrínseca em cada situação. Relacionamentos se constroem de momentos de conhecimento, um olhar fulgás, um sorriso ou aceno para um ser que não se conhece. Então abrimos a mente e o coração e mirando cada um destes seres, imaginamos que dentro de cada uma destas vidas, pulsa um coração precioso, as vezes encoberto, mascarado pelas duras provações do destino. Faço um exercício e tento me conectar, penetrar em cada um tentando adivinhar suas vidas, suas rotinas. Aos poucos já estou lá , do outro lado me vendo aqui e pensando que o outro pode estar pensando o mesmo. Um olhar de cumplicidade me diz que aí está a ligação,se deixar olhar e ser olhado. Os olhos falam mais que palavras porque espelham a alma. Um sorriso para o sorveteiro, um sentimento de alegria ao ver a criança brincar, o pai que segura o filho no balanço e se entrega ao instante de estar junto. O menino que passa apressado, o senhor que caminha lento, são tantas impressões. Fecho os olhos e me deixo levar pelos sons. Me dissolvo neste espaço e sinto a vibração de todos os seres viventes. Diluida no espaço tento recompor cada pedaço e neste momento percebo que sou só uma pequena parte deste pequeno espaço neste tempo qualquer sentindo o vento, o sol que queima. Se penso que sou parte, sou infima e pequena, se penso que sou o todo, sou infinita.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Carmem D`Cassia: Tango Argentino

Carmem D`Cassia: Tango Argentino

Tango Argentino


Gente!! Tenho que dar o braço a torcer, os caras deram um show no campo, e dizem que nem estão treinando direito, também com Maradona de técnico deve ser a concentração mais legal da copa ou seria (ilegal) rsrsrsr, brincadeirinha, mas não podemos deixar de reparar que ainda existe garra neste mundo inóspito do futebol. Parabéns a los hermanos , preciso torcer pra eles também gente, entrei num bolão da final e coloquei Brasil X Argentina,

quarta-feira, 16 de junho de 2010

La Furia Española - hihihihi....



Onde estão os Toureiros do futebol Gente!!!!!!! Viu!!!!! salto agulha impera na copa, com excessão da Alemanha (uhuuuuuuu) que fez bonito, o resto têm que aguardar, Gente o que é aquela seleção da Nova Zelandia - abalou a Africa

terça-feira, 15 de junho de 2010

Cia. de Teatro Espalhafatos


Pelo sexto ano consecutivo, o pessoal da Espalhafatos estará no Festival de Gastronomia da Costa do Descobrimento. Este ano rola a esquete "Os Três Cozinheiros", fui convidada pela Gal Sarmento para me juntar a trupe e já estou dando uma força na produção, o grupo já me proporcionou uma oportunidade muito legal quando fizemos o curso intensivo de palhaçaria. Foi muito especial para mim, enriquecendo com certeza meu trabalho como performer, vou aplicar estes conhecimentos logo, logo, é palhaçaria na cabeça.

Lançamento de livro


Sábado dia 19/06 às 19:00 hs têm o lançamento do livro da Gerry lá na Livraria do Campo.Gerry é mestra em conversar com o corpo, as vezes me fala dele como se fosse uma outra entidade tentando se comunicar . Em sua sabedoria descobri que cada célula de meu corpo tenta se comunicar comigo, uma vida imensa de viver e de sentir. Nossos mestres vão aparecendo em nossas vidas dividindo seu aprendizado herdado de outros mestres, e assim vamos caminhando neste mundo louco que as vezes esquece que existe sentimento mesmo em um fio de cabelo.

Brasil!!!!!


Lá vamos nós novamente, hoje tem Brasil na copa, tô indo assistir agora, que vença o melhor, bom o melhor é o Brasil né gente (abafa o caso).

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Fiz uma fogueira

Gente adoro fogueira mas temos tão poucas oportunidades de tê-las não é mesmo. Aqui em minha nova morada tenho um quintalzão e deu pra fazer um fogueirão também, aliás muito bom porque tá bem frio pra nós abaianados. Ficar perto do fogo como faziam os indios, fogo, fogo, fogo. Posso ficar horas olhando o fogo e não pensando em nada, gente é um treinamento bárbaro de meditação.

domingo, 13 de junho de 2010

Viva a Diversidade

Esta semana quero prestar uma homenagem a Diversidade, cultural, sexual, religiosa ... Uma homenagem ao sentimento puro, ao sentimento real e seguro, as companhias perfeitas, aos homens corajosos, as mulheres fortes, aos senhores de idade, as senhoras da terceira idade, ao motorista que me transporta, ao gari que limpa minha rua, ao agricultor que planta minha comiga, ao mestre que enriquece minha vida, ao meu amor que me torna mais tolerante, as pessoas que brigam pela paz, aos que meditam pelo bem do mundo, aos sonhos que não morrem, aqueles que nos protejem, aqueles que não tem rumo certo, aqueles que criam seus filhos, aqueles que cuidam os filhos dos outros, tantas personagens. A todos meus amigos Gays, sempre a meu lado em minha tragetória de vida, porque? Não sei, eles apenas permeiam minha existência enriquecendo-a de alguma maneira. Eles me ensinaram a combater minha ignorância, através de meu amor por eles consigo enfrentar meus preconceitos, entender as diferenças, mesmo aquelas que habitam em mim .

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Hoje Faz Sól

Dias lindos nos esperam, penso em todas as flores que se abrem e todos os lugares que se iluminam, penso em todos os corações que se desprendem de algo ou sofrem por ele. O que se apodera da mente humana quando sentimos vontade de amar? Apenas uma consequência de diversos estímulos que partem do corpo e da alma e nos fazem acreditar que não somos somente um, que podemos ser dois, três, quatro ou o infinito. Essa capacidade que aumenta, aumenta se dilata e preenche tudo e vai até os mais profundos abismo escuros do sofrimento. Estarei livre de uma tragédia apenas por não acreditar nela? Apenas por querer ser feliz neste momento? Tendências que nos empurram para a infelicidade. Porque não podemos acreditar que passaremos por esta vida sem tragédias ou sofrimentos? Apenas posso acreditar que poderemos tê-las mas não iremos permitir que elas nos isolem na apatia de uma vida de sofrimento inútil. Tragédias acontecem a cada segundo de nossa existência, a cada morrer de uma célula em nosso corpo que não será mais reposta. Convivemos com a tragédia todos os dias em nossa decomposição corporal. A morte e a vida até que a vida se exaure e ficamos sós com nossa mente perdidos não sei onde, procurando não sei o que. Temos direito a ser felizes, a sentir gratidão por poder estar nesta condição de poder ser feliz, a felididade está mesmo em todas as pequenas coisas que não nos fazem sofrer, e elas são infinitamente maiores do que as que nos causam tristeza e decepção.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Hoje acordei com chuva

É demorou mas chegou a frente fria, temos frio gente!! Dormir de edredon, usar botas, blusa de lã....Adoro também, adoro tudo que é desta vida, amo viver mas também me preparo para a morte, aproveito ao máximo este corpinho que recebi, cuido dele direitinho pois quanto mais cuidadinho mais posso desfrutar deste mundo tão louco e cheio de contrastes. Quando tiver que me despedir desta vida vou ter o cuidado de recordar todos estes momentos maravilhosos que vivi e me entregar, retornar a minha essência e ver onde ela vai me levar.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Nós temos o dom da palavra

É isso aí pessoas, não importa se as vezes não conseguimos escrever corretamente, é a melhor maneira de aprender. É como falar linguas, temos que perder o medo, é uma coisa louca como o ato de escrever acaba destravando coisas. As vezes porque somos tímidos preferimos escrever, eu comecei assim, aos 18 anos escrevia poesia, e eram muitas, no final do ano tinha completo um daqueles cadernos pretos de capa dura enormes e presenteava uma amiga querida, fiz isto por 4 anos, nunca mais vi estas poesias, palavras que se perderam no tempo, como é lindo juntar meras palavras e delas conseguir a expressão de um sentimento. Agradeço tanto por ter este dom maravilhoso, é a maneira que encontro de ajudar o mundo, minhas palavras se unindo em harmonia.

domingo, 6 de junho de 2010

O que seria das diferenças se fossemos todos iguais

Estes dias fiquei pensando, que chato não poder mais chamar aquele amigo de negão, ou o cara da feira de japa, o loirinho de galego e me deparei com um questionamento atroz- onde moram as diferenças? Somente no fato de não sermos todos iguais?

Já pensou se Hitler houvesse conseguido aprimorar mesmo a raça ariana a ponto de sermos todos loirinhos de olhos azuis? Ele seria o primeiro a dançar não é mesmo?

Gente que loucura, por falta do que fazer essa turma reacionária inventa mais um problema universal para quebrarmos nossas já tão lesadas cabecinhas.

Quando gostamos de alguém e temos respeito por esta pessoa, não nos importamos (claro nós pessoas ditas normais) se são roxas, vermelhas, laranjas etc. O que importa para as pessoas corretas e de caráter é que o outro seja neste aspecto seu igual. Lutar é imprescindível na vida do indivíduo em busca de sua liberdade de expressão, estão incluídos ai o modo de vestir, de se expressar, seu gosto musical, seus filmes preferidos, seus livros especiais. Nesta liberdade de ação e expressão é que reside o conceito da igualdade social, ou seja, o acesso à informação, a cultura, ao trabalho. Como levantar barreiras anti-racistas em um pais onde nem ao menos temos acesso à literatura que nos explique toda a nossa miscigenação de raças, e também que somos todos da mesma espécie, gênero em todos os graus.

Partindo do princípio que somos seres humanos, então não devemos comparar raças, isso é coisa pra cachorro ou gatos e mesmo eles se reconhecem como gênero, ou seja, felino ou canino.

Esta soberba do ser humano se autodefinir por isso ou aquilo deveria ser sim aplicado no sentido do caráter, na capacidade de amar as pessoas, de ter sentimentos verdadeiros com relação às tristezas e infelicidades de seus iguais. Se entrincheirar em dogmas ultrapassados de separações por classes já nos levou a muitas catástrofes, em tempos de globalização já era hora de uma nova ordem, a ordem dos que lutam pela preservação do nosso planeta. Aliás, o que nos dá o direito de nos autoproclamarmos os donos do mund?

Seriam minhas idéias utópicas? Sei que muitas vezes falamos coisas da boca pra fora, não adianta lutarmos por igualdade quando em nosso íntimo discriminamos um morador de rua, ignorando este estado final de abandono como se não fizesse parte de nossa tão aclamada raça.

A intolerância é o grande mal que sempre nos acompanhou. Para sermos aceitos, às vezes, discriminamos e nem ficamos vermelhos por isso, a hipocrisia segrega silenciosamente. Não sejamos hipócritas, temos defeitos, e muitos, então vamos lutar por nós, sejamos brancos, negros, amarelos, mestiços ou o escambal a quatro, lutemos para conseguirmos lá no íntimos, sem demagogia, dizer a nós mesmos que não temos preconceito. Eu estou começando a trilhar este caminho, é árduo, pois trazemos em nossos genes toda esta história de segregação e preconceito desde nossos ancestrais, mas se formos sinceros com nós mesmos quem sabe um dia nossos filhos não recebam esta herança tão nefasta e possam sem culpa chamar seus amigos de negão, de japa, galego.........

Viva a diversidade!!!!

Oi Atmos, que legal receber um comentário (onde fica mesmo este lugar?). Pena que você não pode experimentar minha cocada, não faltará oportunidade. Áurea querida, minha goiabeira esta lotadinha também, só esperar, beijo grande.

A Bahia têm côco têm

Hoje acordei e me deparei com um montão de côcos retirados de meu coqueiro - agora claro que estou morando na casa de uma amiga, já acho que é meu rsrsrsr, bem , pelo menos por agora. Anfan, abrimos os côcos e tiramos a agua, depois pensei poxa tem carne não é, vamos lá aproveitar tudo que a natureza pode nos dar, tiramos o côco, eu ralei tudinho e fiz leite de côco e ainda um montão de cocadas, gente foi tão legal saber aproveitar tudo que a natureza generosamente nos proporciona, com este gesto poderei adoçar a vida de algumas pessoas, pois é claro que não consigo comer tudo isso sózinha. Meus estudos me mostram a cada dia como tudo é perfeito, como somos privilegiados, gente eu moro na bahia, côco é coisa de quintal, arrasou.....

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Obaaaa!!! Estou no Google

Apareci nas buscas...

Alguem cantando longe

Alguém cantando longe daqui, alguém cantando longe, longe,
Alguém cantando longe, alguem cantando bem, a voz de alguém nesta imensidão
A voz de alguém quando canta uma canção.... Musica linda de Caetano, Aurea minha primeira visitante me lembrou que um dia cantei, ainda canto porque o canto é uma recordação em suas cordas vocais, se canta quando o canto faz parte de suas memórias, inserido em suas células, em suas entranhas. Assisti ao filme O Solista, quem viu pode entender o que a musica faz com a gente e num nível mais sútil o que ela provoca em nosso íntimo, quase nos levando a loucura com tantos sentimentos que brotam de um momento de genialidade quando nasce uma bela música. Amiga bem-vinda,

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Escrever todos os dias - será que consigo?

Assisti a um filme chamado Julia and July, sobre uma garota que cria um blog de receitas com o comprometimento de escrever todos os dias durante um ano 365 receitas sem falhar, não sei se conseguiria esse tal comprometimento mas é legal você ver aos poucos as pessoas entrando e se conectando com esta viajem e no final milhares de pessoas lá curtindo fazendo as receitas, legal né. Bom como diz meu professor de Filosofia Budista, não devemos criar expectativas, deixa rolar, faça para você e dedique pra todo mundo. Bom dia a todos aqueles que me visitarão um dia quem sabe.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Como aparecer

Gente, aparecer no Google é difícil, incrível né, os caras acham tudo, mas tá rolando um stress com os blogs novos, se vocês tiverem algum problema em acessar tem que aguardar um pouquinho.....

Me inseri no mundo blogueiro

Esta é a primeira postagem do meu recente feito Blog, me sinto desbravando meus conceitos cada vez mais com relação a comunicação cibernética por assim dizer. Dividir é o Lema na atualidade, dividir conhecimento, impressões, sentimentos e acima de tudo humanidade.Se alguem se interessar um dia em me fazer uma visita, será muito bem recebido, sinta-se em casa e vamos juntos tomar aquele chá de letras, imagens, alguns toques, só coisas que me parecem importantes de alguma maneira.