#Budismo#meditação

Compartilhando experiências no caminho

terça-feira, 20 de julho de 2010

O Diário de Uma Recenseadora!!


Já me sinto uma recenseadora, se tudo der certo apartir do dia 01 de Agosto começo a trabalhar no senso. Fiz o concurso meio empurrada pelos meus amigos, não achava que poderia gostar da empreitada, a princípio fiz a prova mais por ver a possibilidade de passar a segunda baixa do ano mais tranquila, quem mora no Arraial sabe bem do que estou falando. Como eu, fui descobrindo diversas pessoas na mesma condição, aos poucos começamos a nos empolgar com a possibilidade de estarmos juntos fazendo um trabalho em equipe, compartilhando. Nos divertíamos com as possíveis situações que encontraríamos pela frente e sem perceber, eu já me sentia uma recenseadora nata. Eu nasci para fazer aquilo!!! Exageros a parte, aguardei com ansiedade o resultado. Todos nos falávamos, estávamos aflitos pelo resultado, e foi se criando uma cadeia de relacionamento. Resultado e... PASSEI!!! Que legal você passou Também? Poxa parecia que tínhamos passado em uma prova da Petrobrás, estávamos orgulhosos e cheios de garra, afinal toda uma baixa empregados éra muiiiiito legal. Agora já estamos na metade do treinamento. Me lembro do Vídeo de apresentação sobre o senso. Num dado momento começaram a aparecer aquelas pessoas que a gente sabe que existem mas que dificilmente temos contato, o cara lá do interior do sertão que tem sua roça, cria suas galinhas - Moço aqui nóis num passa fome não, o poquinho que a gente ganha dá muito bem e óia que agora tenho minha casinha, vendi tudo pra comprá, só sobrou o peru, mas a alegria é grande por demais. Então uma colega ao lado fala gente esse é o Brasileiro Típico. Me emocionei, as pessoas boas e simples me emocionam dentro de sua imensa grandeza e simplicidade. Sei que vamos encontrá-los em todos os cantos. A beira de Rios, nas favelas, nas periferias, nas cidades, nas selvas, nas aldeias. Gente maravilhosa, gente brasileira, essa mistura incomparável de raças que nos faz como somos, um apanhado de gente boa, sangue bom, tenho certeza que são maioria. Vamos lá galera, é muito trabalho pela frente mas é tão bom poder se sentir cidadão em algum momento realizando algo por nós mesmos. Espero poder contar muitas histórias . A caminho do senso me sinto Brasileira demais.

2 comentários:

  1. Primeiro me perguntei como a joalheira iria fazer para participar de um senso, mas depois de ler seu texto, quero também....rs
    Certíssima minha querida, vá lá se lambuzar de Brasil, coisa mais inspiradora, quero saber de tudo.
    Beijos e boa sorte!!!

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga Sensata,com essa sua capacidade de Sentir, Pensar e Sensibilizar,com certeza será um Censo, feito com muito Senso, Siso e Sensibilidade...um ser tão Sensivel e Sensacional, não poderia estar fora dessa Sensação...Susesso!!!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade a casa é sua...