#Budismo#meditação

Compartilhando experiências no caminho

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Julgamentos não funcionam


Viver é Arte
 Falando sobre compartilhar o entendimento, já ouvimos a frase ¨Ajuda mais olhar o problema de fora¨. Certo mas ôps, dia destes comecei a pensar sobre esta postura e vi que na minha percepção ela é bem erradinha. -Como assim? Perguntariam vocês.
Muito bem, não seria esta uma postura cômoda demais? Ou mesmo uma maneira de nos protegerrmos de nossos próprios mêdos, de nossas próprias culpas? Se colocar no lugar do outro não seria uma abordagem muito mais verdadeira com o outro e com nós mesmos?
É bem confortável julgarmos as pessoas do alto de nosso pedestalzinho de senhor sabe tudo não é mesmo. Agora tente de vez em quando entrar dentro do coração de um ser perturbado por suas emoções.   claro que precisamos ter coragem e treinamento para não nos envolvermos e tornarmos a vida da pessoa pior ainda, afff, ninguém merece alguém do lado  sempre apitando : ¨Eu não falei? ¨Eu não avisei¨?
Anfan, gente, falando sério, as vezes realmente estar de fora do problema nos dá uma visão mais clara porque não estamos envolvidos emocionalmente, mas até ai começar a julgar já é outra coisa. Percebi recentemente que consegui dissolver mágoas, ressentimentos só com a simples prática de me colocar no lugar do outro, tentar descobrir qual seria a minha reação ou comportamento caso estivesse envolvida por aquela emoção, prestar atenção se possível ao histórico de vida daquela pessoa, então apartir daí apenas tentar entend:-la.
O ato de julgar já está repleto de conceitos : isso é legal, isso não e assim por diante, olha os três venenos ai gente. Portanto sempre alertas firmes  no treinamento.
E sempre lembrando que retiros e seminários são tudo de bom, mas a confiança é muito mais poderosa, pois somente a prática salva gente. Posso dizer porque na minha atual situação tenho a plena certeza de que a confiança nos conecta aos professores, ao ensinamento, aos amigos espirituais. Estou longe mas esta distância me coloca muito próxima a tudo porque tenho a confiança de que a prática individual de cada um é que nos conecta realmente com o ensinamento e automaticamente nos conecta com a nossa mente nos dando mais suavidade para com o outro, mais entendimento, dai retiros, seminarios serão só alegria porque nossa mente estará muito mais aberta, mais receptiva.
Beijos a todos aqui de OP