#Budismo#meditação

Compartilhando experiências no caminho

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A Sanga é a Vida

SANGHA

Um dia me senti plena por saber que tinha um refugio seguro onde podia compartilhar minhas experiências, meu amor e gratidão de forma sincera. O tempo passou, algumas decepções pelo caminho e vi que na expectativa de poder viver esta cumplicidade amorosa me apeguei ao desejo de que este espaço fosse preenchido. Com o tempo aprendi que para preencher este espaço primeiro preciso esvazia-lo de expectativas e deixa-lo sempre aberto. A imagem que eu tinha de Sangha era do grupo de praticantes que se tornam nossos irmãos na caminhada , mas descobri que a Sangha habita em nós em cada palavra de Buda, nós a carregamos onde vamos, os espaços são relativos para a verdadeira sanga. Hoje penso que Sangha é saber que em todas as partes podemos encontrar irmãos na pratica, indiferente de religião, de grau de amizade ou de qualquer relação pessoal. Sangha para mim deixou de ser um clube restrito onde se ouvem ensinamentos e passou a ser o mundo onde eles são exercitados. Sarwa Mangalan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade a casa é sua...